Uma história emocionante.
Loading

A história

O começo dos começos. A história do Covo dei Saraceni é a história de uma família, de uma residência maravilhosa do século XVIII à beira do mais belo mar de Positano, de um pai e de seus filhos.

Em meados do século XIX, quando Clemente Savino, comerciante de corais, durante uma de suas inúmeras viagens para a América, decidiu fazer da casa de Positano na praia sua única residência. Com a sua morte em 1919, permaneceram na casa a esposa muito jovem e os quatro filhos homens do casal.

Os irmãos Savino tinham no sangue o empreendedorismo do pai e, se no inverno eram pescadores habilidosos, no verão com sua lancha organizavam para os turistas, que já lotavam a costa, excursões para as mais lindas praias da região, até Capri e Ischia.

A casa Savino, durante as comemorações do desembarque dos sarracenos que ainda hoje ocorrem na Festa da Nossa Senhora Negra, abrigava a cerimônia do vestiário dos participantes, e foi por esta razão que, em 1955, quando os irmãos decidiram abrir um restaurante no andar imediatamente abaixo da casa, chamaram-no de Il Covo dei Saraceni.

A divisão da casa em quartos ocorreu um ano após o restaurante, e depois da passagem de mais uma geração, chegaram as grandes ampliações com a transformação em hotel, acompanhando e estimulando o crescimento do turismo de Positano.

A família Savino comandou o ritmo das mudanças, o amor pela hospitalidade, o cuidado com os detalhes, novas ampliações e modernizações, a construção da mais linda piscina sobre o mar de Positano e a chegada das cinco estrelas. A história da família testemunha a qualidade do Covo dei Saraceni, da sua recepção, do gosto refinado de seus ambientes, dos sabores inconfundíveis da sua cozinha.

A beleza da estrutura e a sua extrema privacidade fizeram do hotel residência de verão de personagens famosos da cultura, da arte, do espetáculo e da política internacional, além de locação cinematográfica para muitos filmes, entre eles “Leões ao sol” e “Only you”.

Hoje, o Covo dei Saraceni domina a praia e o mar mais bonito de Positano, deitado em um abraço com a montanha íngreme até o mar lá em baixo, no seu coração há a casa, a família, o desejo entusiasta de hospedar o futuro.